Important reading | Carlos Lyra interview to Gravata

1 03 2013

Link original: Important reading | Carlos Lyra interview to Gravata
Publicado em: Tuesday, March 11, 2008 by zecalouro

Just to let everybody aware of a Carlos Lyra interview given for my very good friend Gravata at Jornal O Globo, Rio de Janeiro. Carlos Lyra says something very important about Loronix, which is the opportunity Loronix provides to make out of print albums available to the public. Carlos Lyra statement matches with one of the most important rules of Loronix that makes available only albums that are no longer available commercially. At Loronix, if I know that an album is commercially available anywhere in the world, I will not offer it for download.

Carlos Lyra’s words are a major step to Loronix evolution and I would like to thank Gravata for making this interview that took me by surprise this morning. English translation is being provided for friends who don’t read Portuguese. I urge everybody to make a careful reading of Gravata’s interview with Carlos Lyra, a very important event to Loronix.

Gravata website is http://oglobo.globo.com/blogs/gravata/
Carlos Lyra official website is http://www.carloslyra.com/

Respect, zecalouro

English Translation:

At a time when we celebrate Bossa Nova´s 50th anniversary, internet surfers are attracted to a web site that offers rare discs which are no longer found in record stores, but can be downloaded for free. It´s Zeca Louro´s blog, http://loronix.blogspot.com. There you can find gems like “Canção do Amor Demais” (1958) where Elizeth Cardoso sings for the first time some Jobim – Vinicius classics; the historical “Au Bon Gourmet” show (1962) where, for the for the first time Jobim, Vinicius, João Gilberto and Os Cariocas appeared together. Not to mention the antological “Chega de Saudade” (1959) where João Gilberto sings three songs by Carlos Lyra, one of Bossa Nova´s pioneers. Now we have Lyra talking about it:

– It is easier to find your rare career albums in foreign countries than in Brazil. Why?

Lira – Not just rare albums, but all of them. In Japan´s Tower Records there is a whole section with my discs. There you can find LPs that have later been released as CDs, as well as compilations that they made. I can only conclude that the intellectual level in Japan is much higher than in Brazil.

– There are sites, like Loronix, that offer such rarities for free. What is your opinion about it?

Lira – Loronix, as far as I know, is a site that offers only discs which are no longer sold and, therefore, cannot be purchased by anybody. It is an incentive to record labels which, now, can identify the ones which are being downloaded more frequently and release them again. There are some albums which are not available in Brazil but are sold in the US or Japan and, therefore, can be acquired though the internet; in my opinion, they should not be offered for free. It is important to understand that composers live off they works. It is somehow difficult to make people understand that this is our job, and we cannot simply give off what we create. It is our daily bread.


Ações

Information

One response

1 03 2013
300discos

Comentários originais:
.
g picanco said…
Vale a pena dar uma analisada nas palavras do C. Lyra. Parece que os nossos artistas estão deixando de produzir (e também lançar e divulgar) seus albuns no Brasil. E não estão disponíveis no mercado convencional brasileiro. Talvez nas dedicadas a produtos importados e, portanto, restritas a um público cativo, diferenciado.
Por quê? falta de interesse do público daqui?
Não é nosso hábito ir buscar na Internet por lançamentos de intérpretes, compositores brasileiros no exterior. Principalmente quando não há divulgação deles por aqui.
No caso de discos lançados no exterior – principalmente no Japão – existem custos extras embutidos, que vão além do valor de capa do CD. Frete internacional (com valores diferenciados de acordo com a forma de transporte e os consequentes prazos de entrega).
Ao recebê-los ainda temos um acréscimo de 60% de taxa. Tornam-se objetos caros, para poucos. E que disponham de cartões de crédito internacional na maioria das vezes.
Será que serve de parâmetro para fazer um paralelo com os albuns que estão disponíveis no Brasil? Que possam ser adquiridos em qualquer loja ou banca de discos?
Esse discos produzidos no exterior são como se estivessem fora do catálogo nacional, pois mostra o desinteresse das gravadoras em lançá-los por aqui.
Considero a presença desses albuns no Loronix como se estivessem em uma vitrine. É uma forma de mostrar aos que os desconhecem suas existências. Isso pode provocar boas reações. Inclusive para os detentores dos fonogramas.
Como diz o C. Lyra “…É um incentivo às gravadoras, que podem fazer um levantamento dos mais baixados e lançá-los no mercado. …”. Para que sejam baixados é necessário que estejam disponíveis. Até o momento em que suas solicitações de download justifiquem uma reedição nacional, quando serão devidamente retirados da lista, pois já cumpriram com sua tarefa no Loronix que é a de dar visibilidade a quem merece e divulgar a nossa música.

Geraldo Picanço

Tuesday, 11 March, 2008
.
Mauro R.V. said…
Concordo plenamente, gpicanco!
O interesse que os albuns fora de catalogo despertam na comunidade são um ótimo termometro que poderia orientar as gravadoras a relançar tanta boa musica brasileira.
E discordo também do Lyra quando ele considera válida a oferta de albuns no exterior. Já fiz a experiencia de comprar um CD de 5 dolares pelo Amazon, e tive a surpresa de ve-lo chegar aqui custando quase 70 reais!
E foi frete dos EUA. Imagina se viesse do Japão! Simplesmente inviavel, a meu ver.
Se o artista é brasileiro, deveria se ter o disco para comprar aqui.

Tuesday, 11 March, 2008
.
Anonymous said…
Sugiro ao nosso grande benfeitor Loronix que, quando se dar conta de que um álbum aqui disponibilizado passou a ser disponível comercialmente, não se limite a tirar o link para download, mas informe essa novidade.
Sugiro também que mantenha no site os textos e as imagens das capas, pois isso permitirá mais um controle estatístico da contribuição deste site às gravadoras.

Abraços,

Cesar M

Thursday, 13 March, 2008

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: