Dorival Caymmi

12 05 2013

Link original: Dorival Caymmi
Publicado em: Sunday, August 17, 2008 by zecalouro

MÚSICA BAHIA / DORIVAL CAYMMI

Tom-CaymmiANTONIO CARLOS JOBIM

Eu conheci o Dorival Caymmi nos idos de 48, 49. Eu estava assim muito empenhado, eu queria ser músico de qualquer jeito, me aproximei dele e depois nos tornamos grandes amigos. O Dorival Caymmi é um gênio, uma pessoa assim que se eu pensar em música brasileira eu vou sempre pensar em Dorival Caymmi. Ele é uma pessoa incrivelmente sensível, uma criação incrível, eu digo isso sob o ponto de vista musical, sem falar do poeta e do pintor, porque o pintor, inclusive, eu ganhei um quadro dele, eu dei uma flauta ao filho dele e ele me deu um quadro que é uma maravilha. Eu outro dia perguntei a Danilo Caymmi: mas, rapaz, como é que seu pai pinta assim? Ele disse, ele estudou. Um negócio! Porque o Dorival é um grande pintor mesmo, não é negócio de brincadeira não, e nas músicas, então, nem se fala…

I met Dorival Caymmi way back in 48, 49. I was very eager, I wanted to be a musician no matter what, and tried to get acquainted with him; afterwards we became good friends. Dorival Caymmi is a genius, a person of such talent that if I think of Brazilian music I’ll always think of Dorival Caymmi. He is an incredibly sensitive person, has a tremendous creativeness, and I say this from a musical viewpoint, without speaking about the poet and the painter. Because the painter… I have one of his paintings. I gave his son a flute and he gave me a painting of his, that is marvelous. The other day I asked Danilo Caymmi: Tell me, how can your father paint so well? He said: He studied. It’s something! Because Dorival is really a great painter, it’s not just for fun, no; and in his songs then he’s the tops.

jorgeAmado-CaymmiJORGE AMADO

Caymmi representa um dos momentos mais altos da criação brasileira e da criação baiana, em particular. Quer dizer, a poesia mais profunda da vida baiana, do povo baiano. Caymmi é uma flor nascida lá em cima que desabrocha de toda essa terra trabalhada, da cultura popular adubada com suor, com sangue, com sonho, com esperança, com todas as dificuldades possíveis que o homem encontra, com toda a magia, e que de repente produz uma flor de cultura, uma coisa esplêndida, única, luminosa, que é a obra de Caymmi, desse poeta extraordinário.

Caymmi represents one of the peak moments of Brazilian creation and particularly Bahia’s creation. That is, the most profound poetry of life in Bahia, of people from Bahia. Caymmi is a flower horn up above, that blooms out of this whole toiled land, from popular culture, fertilized with sweat, with blood; no, with dreams, with hope, and all the difficulties a man can possibly encounter; all the magic, and which suddenly produces a flower of culture, a splendid thing, unique, radiant, which is the work of Caymmi, this extraordinary poet.

caymmi-CaetanoCAETANO VELOSO

Caymmi é fácil demais e, por isso mesmo, um pouco difícil falar de Caymmi. Porque ele é uma paixão total, assim, o amor que eu tenho por ele e que eu posso conceber que se tenha por ele, é assim total, sem limitações, é uma coisa assim de uma beleza ilimitada, e ao mesmo tempo é uma coisa muito simples. Ele é um compositor até que não é, como é que se diz, prolixo, ele não tem canções demais, ele tem um número grande de canções, mas relativamente pequeno, comparado com outros compositores, mas cada canção dele é uma jóia, assim perfeita, e todo o clima dele é uma clima de quase uma sabedoria muito profunda que ele parece tertido desde sempre, é uma coisa, calhou acontecer aquele homem, não é? O João Gilberto fala sempre que o Caymmi é que é o gênio da raça. O João Gilberto diz que aprendeu tudo com Caymmi e que a gente deve estar sempre aprendendo com Caymmi. “Aprenda tudo com ele…” o joão Gilberto fala de Caymmi. Você vê, é engraçado porque… são três gerações: o Caymmi, o João Gilberto e eu, e o João Gilberto diz isso pra mim, pra mim e pros meus colegas de geração, pros meus companheiros, e o João Gilberto foi o mestre imediato da minha geração, porque nós somos uma geração que começou com uma admiração, por uma admiração pela bossa nova, não é?… E a bossa nova foi que nos formou e o João Gilberto que era o núcleo, o centro da bossa nova, assim, ele sempre viu o Caymmi como o exemplo máximo do artista como deve ser e do homem como deve ser.

Caymmi is too easy and for this very reason it is rather difficult to speak about Caymmi. Because he is an absolute passion, and the love I have for him and that I can conceive it is possible to have for him, is absolute too, with no limitations, it’s a thing of unlimited beauty; it is not, and at the same time it is, a very simple thing. He is a composer who is not too, how do they say it, prolix; he doesn’t have too many songs, he has a large number of songs, but relatively few when compared to other composers. But each of his songs is a jewel, so perfect, and all his aura is an aura nearly of a very profound wisdom, which he seems to have had always. It is something! it just happened that there exists such a man, isn’t that true? João Gilberto always says that Caymmi is the real genius of the race. João Gilberto tells that he learned everything from Caymmi and that we should always be learning from Caymmi. “Learn everything from him…”, João Gilberto says about Caymmi. You see, it is funny… because we are three generations: Caymmi, João Gilberto and I, and João Gilberto says this to me, to me and to all colleagues of my generation, to my friends. And João Gilberto was the immediate master of my generation, because we are a generation that began with an admiration, an admiration for bossa nova, isn’t it?… And it was bossa nova that formed us, and João Gilberto was the nucleus, the core of bossa nova, and he always regarded Caymmi as the utmost example of how an artist ought to be and how a man ought to be.

Caribe-Caymmi-JAmadoCARYBE

O Axé de Opó-Afojá, Candomblé de Mãe Senhora, uniu três pessoas que hoje em dia são três irmãos de esteira — cada um tem uma esteira. Agora, um é Obá Onicoí, outro é Obá Olorum e o outro é Obá Onoxocum. Em português, seriam Dorival Caymmi, Jorge Amado e Carybé. E, aí nos unem laços assim secretos e misteriosos, não é?… Agora na vida comum eu acho que ele é fabuloso. Agora, ele tem uma coisa contra que não consegue fazer as coisas por causa da preguiça, porque o grande inimigo dele é a preguiça, ou amigo, deve ser amigo, mais do que inimigo, porque não há dúvida que preguiça é uma coisa gostosa, não é? Com bicho-do-pé, se tiver, ainda melhor. Ele fica lá naquele Rio das Ostras, comendo ostra, tocando violão, limpando garrucha, punhais, colecionando bengalas… Então ele vai levando a vida assim… Pinta um quadrinho, e tal, todos eles são bons, menos o meu retrato porque o meu retrato é o Retrato de Dorian Gray, que ele vai pegando, assim, cada dois anos, três anos, um ano e meio, então, mudo… De repente eu estou mais mocinho, daqui a pouco ele faz um coroco, e, enfim, é isso…

O Axe de Opó-Afojá, MãeSenhora’s Candomblé, united three persons who are today three worshipbrothers. One is Obá Onikoí, another is Obá Olorum and the other Obá Onoxokum. In Portuguese they would be Dorival Caymmi, Jorge Amado and Carybé. And so we are united by bonds that are secret and mysterious… Now, in everyday life, I think he is fabulous. But he has one thing against him, he cannot do things on account of his lazyness, because lazyness is his big enemy, or friend; I guess it must be a friend, more than an enemy, because no doubt lazyness is something delightful, isn’t it? With chigoe, if you have it, better still. He stays there in that faraway Rio das Ostras, eating oysters, stringing his guitar, polishing blunderbusses, daggers, collecting canes… And so he takes life easy… He hangs around, paints a picture or so, all of them good by the way, with the exception of my portrait, because my portrait is the real “Portrait of Dorian Gray”, which he goes back to every two years, three years, one year and a half… and I change. All of a sudden lam younger, then he makes me a decrepit old man… Yeah, that’s what I had to say…

DORIVAL CAYMMI

30/4/1914 Salvador, BA
16/8/2008 Rio de Janeiro, RJ


Ações

Information

One response

12 05 2013
300discos

Comentários originais:
.
Tombom on Saturday, 16 August, 2008
Great Dorival Caymmi!
We miss you!

Tom
from
Sao Paulo/SP, Brasil
.
zecalouro on Saturday, 16 August, 2008
É impossível ficar indiferente ao falecimento de Dorival Caymmi. É também muito intensa minha missão de preparar um tributo compatível com a importância de Dorival Caymmi para a música do Brasil. Espero ter conseguido fazer algo digno e respeitoso.

Em nome da família Loronix, envio vibrações positivas aos familiares de Dorival Caymmi.

zecalouro
.
Juca Filho on Saturday, 16 August, 2008
Grande mestre, Buda Nagô, arqueiro zen da canção simples e bela, Caymmi deixou uma luz que sempre iluminará a alma brasileira.
É uma pena, Xangô é quem está feliz agora com seu Obá no Orum, salve Caymmi.
Linda homeangem, Zeca, braileiros bacanas falando de um brasileiro bacana. Todos eternos, a seu modo.
Caymmi é indelével, viva Caymmi!
.
Glauber Ramos on Saturday, 16 August, 2008
Diria que Caymmi é dono de uma obra
artesanal. Em cada canção divisamos a sensibilidade do criador artesão, alheia a qualquer forma de mecanicismo. Seus temas preferidos – o mar, pescadores, a Bahia e seus mitos – aparentemente simples à primeira vista, se mostram inesgotáveis em suas letras. É como fitar uma rosa, ou rosto de mulher, todos os dias, e neles descobrir uma beleza sempre nova, incansável. O mestre, que a bem da verdade nunca aprendeu a nadar, nos fez mergulhar nos mares da Bahia, nas águas do Abaeté e na saudade de tantas histórias por ele cantadas. Que descansem em paz o seu violão dolente e sua voz grave, tão repleta de mansidão.

Adeus, Dorival Caymmi…
.
Anonymous on Saturday, 16 August, 2008
So sad.

Yes, and such joy – his music and all the music that flowed forth from him through his influence…

A day to mourn and celebrate!
.
Flabbergast on Saturday, 16 August, 2008
Thank you zecalouro for this loving tribute. He will be dearly missed.
.
bolingo69 on Saturday, 16 August, 2008
Thanks to the winds of the ocean that has blown the melodious voice of Dorival Caymmi to my ear “hear” on the other shore…

Rest with the gentle breeze…

and dance with the birds and the clouds…

bolingo na Caymmi!
.
Qual delas? on Saturday, 16 August, 2008
E quem disse que Caymmi morreu?
.
Joe Carter on Saturday, 16 August, 2008
R.I.P., Dorival. The world is a sadder, more quiet place. You will live on in our hearts, our souls, our consciousness.
.
Kendall on Saturday, 16 August, 2008
Que tristeza, que saudades. The world will be a less interesting place.
.
Pablo Antunes on Saturday, 16 August, 2008
Bela homenagem ao Dorival Caymmi.
Conheci esse blog há poucos dias e já se tornou um dos meus favoritos. O interessante é que o teu blog lembra grandes nomes do passado, enquanto o meu celebra o jazz do futuro. Dê uma olhada lá: http://jazzxxi.blogspot.com .

Abraço.
.
André Carvalho on Sunday, 17 August, 2008
Mestre, gênio!!! Esses são imortais!!
.
Fred Diniz on Sunday, 17 August, 2008
Caymmi, Caymmi, Caymmi…pra sempre Caymmi! Com certeza, sua primorosa obra o fará eterno. Certos músicos e, principalmente, pessoas dotadas de tamanha sensibilidade e veia artística como Jobim, Vinicius e Cartola são imortais. Toda homenagem prestada a Dorival Caymmi será pouca! Com certeza, as águas de Abaeté, os coqueiros de Itapoã e os sábados de Copacabacana serão um pouco mais tristes sem você. Vá e fique em paz. Obrigado, obrigado e obrigado Caymmi!
.
Anonymous on Monday, 18 August, 2008
God bless you, master Caymmi, forever!
.
Bernardo on Monday, 18 August, 2008
Linda homenagem,zeca.Realmente a MPB perde muito com a morte desse gênio que era tão simples ao se expressar em suas letras.
Saudades do grande Dorival.
.
Patrick (França) on Tuesday, 19 August, 2008
Como Tom, Vinicius, Baden, Noel, Jorge Amado… Dorival não pode morrer! A poesia da musica é eterna!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: