Omar Izar – Quem Tem “Gaita” Faz Sucesso (1960) with Orquestra RGE

29 05 2012

Link original: Omar Izar – Quem Tem “Gaita” Faz Sucesso (1960) with Orquestra RGE
Publicado em: Tuesday, July 17, 2007 by zecalouro

Hello, Good Evening! Loronix engineers are making extra hours today, some special posts are being prepared and I hope they make it timely. We will have really special posts today, starting with this one, which is the first album at Loronix by a truly legendary harmonica player, cousin of a Loronixer.

This is Omar Izar – Quem tem Gaita faz Sucesso (1960), for RGE. Thanks Carlos Braga, JustBeto and all the folks from Quadradinho for point this extraordinary musician. Omar Izar had an important role in the development of Brazilian harmonica playing. Carlos Braga says that Mauricio Einhorn – a true genius of harmonica and one of the top musicians ever in history – decided to play harmonica hearing Omar Izar. I’m really glad on making this post and also proud of the work made by Carlos Braga and JustBeto, which is Omar Izar cousin. Carlos Braga prepared today a piece of text showing his passion to this fantastic instrument. I’m making the beginning of his text available here and you can get the complete Carlos Braga writing inside the music or thought a series of small posts at Quadradinho. Tracks include:

Carlos Braga writing:

“Minha paixão pela harmônica-de-boca (ou gaita, ou ainda, segundo o Rildo Hora, realejo, começou lá nos anos 50. Meu pai me levou ao auditório da Rádio Nacional para assistir o EDU DA GAITA, com a orquestra do maestro RADAMES GNATALLI no programa ‘UM MILHÃO DE MELODIAS’. O homem solou simplesmente o complicadíssimo ‘VÔO DO BESOURO’ do Rimsky-Korsakow. Naquela época a gaita era muito mais popular e divulgada do que hoje. Nos USA havia grandes solistas e conjuntos de gaita (trios, quartetos, etc.). Eu tenho uma gravação da RHAPSODY IN BLUE (Gershwin) com o gaitista inglês LARRY ADLER e orquestra sinfonica regida pelo GEORGE MARTIN (Beatles) – muito boa, mas não chega nem perto do que vi/ouvi com o mitológico EDU DA GAITA.

Muitos anos mais tarde, quando tive a dádiva DIVINA de conhecer e me tornar amigo do MAURICIO EINHORN, ele me falou que sua paixão pela gaita se concretizou ao ouvir o gaitista OMAR IZAR. Como o mundo é pequeno e o LORONIX é enorme, o grande OMAR é primo do nosso JUSTBETO, que vai falar sobre ele daqui há pouquinho… (…)” continued…

Track List

01 – Noite Cheia de Estrelas (Cândido das Neves “Índio”)
02 – Chora a Tua Tristeza (Oscar Castro Neves / Luvercy Fiorini)
03 – Theme From a Summer Place (M. Steiner)
04 – Noite Chuvosa (João Leal Brito ”Britinho” / Fernando César)
05 – Alguém Me Disse (Jair Amorim / Evaldo Gouveia)
06 – Guarda Che Luna (Malgoni / Elgos)
07 – O Menino Desce o Morro (Vera Brasil / De Rosa)
08 – Pretty Blue Eyes (Randazzo / Weinstein)
09 – I’ll Never Fall In Love Again (J. Ray)
10 – Lago dos Cisnes (Tchaikovsky)
11 – Nuestro Juramento (Benito de Jesus)
12 – Sem Ninguém (Omar Izar)

PS.: Era bastante comum utilizar a palavra “gaita” como referência ao dinheiro, tal como a atual “grana”, “bufunfa” e o bem recente “dim-dim”. Isso explica o “Gaita” entre aspas na capa do álbum, uma brincadeira de duplo sentido.

.

Não tinha esse disco. Porém, graças ao amigo Martoni, este disco pode ser buscado na Rádio Forma e Elenco.

Anúncios